A história do Aperol Spritz

Aperitivo é o nome dado à categoria de bebidas alcoólicas e não alcóolicas que são consumidas antes das refeições com o intuito estimular o apetite. Descobriu-se ainda no século V a.C. que bebidas de sabor amargo têm a capacidade de provocar a fome, e é por isso que grande parte das bebidas com esse perfil de sabor constituem os melhores aperitivos. Contudo, os vermutes, espumantes, licores e alguns coquetéis elaborados com esses ingredientes também podem ser considerados assim.
 
Na Itália, o nome aperitivo também denomina o atual happy hour que passou a constituir um dos grandes costumes do país: geralmente acontece entre 18h e 20h em diversos bares e restaurantes, que servem esse tipo de bebida em regimes promocionais acompanhados de um buffet e, assim, mantém viva a tradição que remonta ao século XVIII, quando a bebida aperitivo era servida rapidamente antes do almoço e/ou jantar. Essa tradição começou, na verdade, com a criação do vermute bianco por Antonio Benedetto Carpano em 1786 na cidade de Turim. O vermute, levemente amargo e muito apreciado pelo rei Vittorio Emanuelle II, virou a bebida oficial da corte e caiu no gosto de várias pessoas importantes à época, de forma que seu sucesso estimulou a criação de outras bebidas da mesma categoria1, cujo consumo explodiu em meados dos anos 1800 nos cafés das cidades mais cosmopolitas como Turim, Milão, Gênova, Roma, Florença, Veneza e Nápoles.
 
* Por exemplo, em 1815 foi criado o Amaro Ramazzotti, em Milão. Já na década de 1860, surgiu o Martini (rosso e depois bianco) e o Campari.
 
O Aperol é uma bebida alcoólica leve (11%), de origem italiana, feita a base de diferentes laranjas e uma combinação de ervas e raízes. Lançado em 1919, seu perfil de sabor combina o doce e o amargo, assim como seu aroma, ambos trazendo um discreto toque amadeirado e agridoce. Na coquetelaria, o coquetel de receita clássica mais famoso que leva o Aperol pertence à categoria de coquetéis “spritz”, assim chamados por levarem a mesma base composta por prosecco, bitter e água gasosa. Os coquetéis do tipo spritz têm sua origem traçada desde o império austríaco, quando era comum diluir com água gasosa as bebidas de alto teor alcoólico, como o vinho da própria região. A escolha do Aperol como o bitter de excelência para a fabricação do spritz acabou tornando a identidade das suas bebidas algo próximo ao indissociável, desde a criação do Aperol Spritz na década de 1950.
 
O Aperol Spritz ou Spritz Veneziano, como é reconhecido pelo International Bartenders Association (IBA), é um coquetel indicado para as ocasiões que correspondem à intenção de criação de seus ingredientes: leveza, refrescância e baixo teor alcoólico que estimulam o apetite e combinam com refeições leves tipo snacks e petiscos. Sua cor alaranjada vívida é seu maior atrativo – por isso é melhor servi-lo em taças e copos transparentes –, sendo um coquetel desejado por todos que o veem e querem desfrutar de suas características ao longo do dia ou da noite no verão.

Aprenda a fazer Coquetéis DENTRO DE CASA.
A Primeira Coisa que conecta as pessoas é UM BRINDE.
Hoje em especial, eu quero colocar em suas mãos o poder de ser a pessoa mais importante de qualquer momento e ser admirado por todos.
E ai? Vamos junto comigo?
Inscreva-se AGORA no Curso DRINKS EM CASA
  • Aulas Fundamentais para destravar o verdadeiro bartender que existe em você
  • Mais de 500 Receitas de Drinks Exclusivos
  • + Muitos BÔNUS
Um curso rápido para você que quer fazer receitas em casa e curtir a vida.
Clique aqui: DRINKS EM CASA
Te vejo lá no curso
Let’s Drink Together
Abs
Gui Cotosck